Briga de Gigantes: Claro e Vivo

0
458

O cenário das empresas de telecom tem mudado muito desde o mês passado, e muito está por vir:

O grupo América Movil que é “dono” da Claro, Embratel e NET resolveu unificar as seus produtos residências de TV via satélite (Via Embratel) e telefonia fixa (Livre) para a marca Claro, economizando assim com colaboradores, publicidade e aumentando a imagem e divulgação da Claro em todo o Brasil visto que todos os parceiros que faziam a venda do Via Embratel e do Livre tiveram que mudar sua identidade visual para o padrão da Claro, e também aumentar seu leque de produtos oferecendo os serviços de telefonia móvel e internet 3g, uma faca de dois gumes para muitos destes parceiros. E o que tudo indica em breve a NET também se chamará Claro.

Seguindo o mesmo ritmo a Telefonica que também controla a operadora de celular Vivo resolver deixar de usar o nome Telefonica passando todos os seus serviços para o nome da Vivo (Speedy, Telefone Fixo, TV, Fibra, TVA, etc).

Ou seja, isso vai se tornar uma briga de gigantes, já que serão as duas maiores operadoras do brasil em todos os serviços (tv, internet móvel e fixa, celular e telefone fixo).

Mas afinal o que isso muda o consumidor?
Num primeiro momento só o nome mesmo, porém podemos dizer que a concorrência diminuirá gerando um pequeno monopólio, afinal teremos duas grandes empresas com serviços unificados, de certa forma não teremos muita escolha principalmente no estado de São Paulo onde estas duas operadoras tem um grande fatia do mercado.

Porém a vantagem é que possivelmente teremos grandes descontos ao assinar serviços da mesma empresa, por exemplo, poderemos assinar tv, internet fixa e móvel, telefone fixo e celular em um mesmo pacote, e isso pode ser uma vantagem.

E como fica a Tim, Oi, GVT e Sky nessa história?
A Oi já oferece alguns serviços integrados, em alguns estados ela tem tv, internet fixa e móvel, celular e telefone fixo, porém aqui no estado de são paulo ela não tem ganhado muito mercado e não é uma grande concorrência para a Claro ou a Vivo.

A Tim é a única que está sozinha no mercado, pois não tem serviço de tv por assinatura e seu telefone fixo praticamente foi instinto, porém recentemente comprou uma empresa de fibra óptica e pretende usar a estrutura desta empresa para oferecer banda larga fixa, porém ainda sem maiores detalhes.

A GVT é uma operadora que pensa no futuro, apesar de não estar em muitas cidades conseguiu agregar o serviço de tv porém ainda não chama muita atenção da Claro e da Vivo, é esperar para ver sua reação.

A Sky tem muitos clientes de tv por assinatura e recentemente iniciou seu serviço de internet em Brasilia, porém ela está vendo a Claro TV (antiga Via Embratel) roubar sua fatia do mercado de tv por assinatura a cada dia.

Resumindo:
Esperamos que venha mais vantagens do que desvantagens destas mudanças, afinal imagine só: sou clientes da Embratel e do nada sem perguntar se eu queria ou concordava sou passado para a Claro, e dizem: nada mudou só o nome, mas é mentira, tudo está mudando nos bastidores, será que é pra pior ou melhor? se for pensar na cobiça dos acionistas dessas duas teles a tendencia é piorar…

É esperar para ver! Abraço até a próxima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here